terça-feira, 6 de abril de 2010

Cães Danados (1992)

"Every dog has his day."

"Reservoir Dogs" estreou à 18 anos, e hoje é visto como um inegável clássico do cinema. Controverso na altura, mas visto agora como uma verdadeira lenda. Estatuto mais que merecido. É impressionante como este filme, sendo low budget, é incrivelmente superior a muitos filmes de Hollywood de hoje em dia. É mesmo com este tipo de filmes que uma pessoa se questiona: como estaria hoje o mundo do cinema sem Quentin Tarantino? Este filme apresenta grandes qualidades: argumento excelente, personagens interessantes e ainda para mais, uma grande banda sonora.
Quentin Tarantino é dos meus realizadores preferidos, juntamente com Tim Burton e George A. Romero. E não é unicamente pela qualidade dos seus filmes (geniais claro está), mas sim mais pelo estilo único que todos os seus filmes partilham. Genial, é dizer pouco deste senhor. Há de chegar o filme de Tarantino que me desiluda.

Reservoir Dogs não é excepção; Transpira genialidade por todo o lado. O filme conta a história de um grupo de gangsters que são recrutados para roubar diamantes e fazer o crime perfeito. No entanto, os membros deste grupo não se conhecem e não podem passar nenhuma informação pessoal entre eles, nem mesmo o nome, pois, no caso de algum ser descoberto, a polícia não teria como chegar aos outros. A cada membro do grupo é atribuído um nome duma cor (Mr. White (Harvey Keitel), Mr. Blonde (Michael Madsen), Mr. Pink (Steve Buscemi), Mr. Orange (Tim Roth), Mr. Brown (Quentin Tarantino), Mr. Blue (Eddie Bunker)). Só que, no dia do assalto algo corre mal e polícia invade a loja no momento do roubo e eles fogem. Isso faz com que surja a suspeita de que entre eles existe um policial infiltrado. A questão é quem será, e visto que ninguém se conhece, o espião pode ser qualquer um dos membros. O filme mostra-nos o antes e o depois da operação, nunca o durante. É mesmo a intenção de Tarantino, fazer-nos pensar e utilizar a nossa imaginação para elaborarmos nós próprios o script.

A forma como a história é contada é particular; Não segue uma cronologia linear. Consequentemente, como 1ª impressão, o filme poderá parecer lento e dificil de acompanhar; mas esse é um sentimento que rapidamente se evapora. O facto de não ser linear não contribui para que o filme seja complexo ou aborrecido. Aliás, é bastante intrigante, o que prende ainda mais. O estilo particular da narrativa requer que o filme seja visto com muita atenção. Mas também é impossível não prestar atenção. O argumento está imensamente bem escrito, junta humor e sarcasmo, penso mesmo que os diálogos são excelentes e memoráveis. A realização de Tarantino é tão brilhante que este filme é simplesmente impossível de ignorar.


No entanto, o filme é brutal, no sentido literal, isto é, não é muito aconselhável a crianças e até pode chocar muitas outras pessoas. É violento, mas realista.
Os actores... Bem, acho que aqui é impossível dizer alguma coisa negativa. Perfeitos! O homem do filme para mim é Steve Buscemi, que actor fenomenal! Todas as performances neste filme são fantásticas, especialmente o Michael Madsen e Tim Roth, mas Buscemi consegue aqui destacar-se dos seus seus colegas e dar verdadeiramente um show, arrasando completamente. Há cenas no filme verdadeiramente espectaculares! A narrativa não linear, as grandes actuações, um diálogo soberbo e inteligente, tendo depois uma banda sonora que complementa da melhor maneira, são caracterizadoras de Reservoir Dogs e fazem-no dos melhores filmes de Tarantino de sempre.
Este filme é mais que recomendável, é simplesmente obrigatório. Vejam-no agora !


EXAME

Realização: 10/10
Actores: 10/10
Argumento/Enredo: 8,5/10
Duração/Conteúdo: 8/10
Banda sonora/efeitos sonoros: 9/10
Transmissão da ideia principal do filme para o espectador: 8/10

Média global: 8.9/10

Crítica feita por Sara Queiroz


Informação

Título em português : Cães Danados
Título Original: Reservoir Dogs
Ano: 1992
Realização: Quentin Tarantino
Actores: Harvey Keitel, Michael Madsen, Tm Roth, Steve Buscemi

Trailer do filme:

3 comentários:

  1. 5 estrelas. Nao sou muito fã de outros filmes do Quentin, mas este é mesmo bom!

    ResponderEliminar
  2. TARANTINO 7 filmes 7 obras de arte,o maior sem sombra de duvidas

    ResponderEliminar
  3. Dos meus favoritos. Sem dúvida, este filme é catapultada para a fama pelo renomado diretor, como os críticos aplaudiram e até mesmo seus dias é considerado um filme de culto, no entanto nas bilheterias não foi muito bem. Dois itens que caracterizam muito é a participação de Steve Buscemi e, claro, o diálogo banal, em que os personagens masculinos estão engajados. Great!

    ResponderEliminar