quinta-feira, 7 de abril de 2011

Dead Silence (2007)

"You scream. You die!"

Dead Silence é um filme de terror de 2007 dos criadores da saga SAW. Evidentemente que é susceptível a comparações e a questão levanta-se de imediato: será tão original e surpreendente quanto este? Devo dizer que as minhas expectativas eram elevadas, pois sou grande fã do trabalho de James Wan. Mas não se iludam. Este filme pouco tem a ver com SAW, distancia-se até do género, pois apresenta-se como um thriller sobrenatural e psicológico de ambiente mais dark e assustador. É intenso e interessante, mas não deixa de ter as suas falhas que o impedem de se tornar verdadeiramente excelente.

Jamie Ashen (Ryan Kwanten) e Lisa (Laura Regan) recebem um estranho boneco de ventroliquismo, Billy, que lhes faz lembrar da ventriloquista Mary Shaw que foi assassinada na cidade de Ravens Fair por ser suspeita de sequestrar e matar crianças. Momentos mais tarde, quando Jamie retorna a casa, encontra a mulher morta com a língua arrancada. Ele é o principal suspeito pela polícia, mas disposto a provar a sua inocência, desloca-se à sua cidade natal para enfrentar a lenda e o fantasma de Mary Shaw.
James Wan na realização e argumento começa a ser sinal de filme de qualidade, pois depois de SAW, novamente nos apresenta um filme intrigante de uma realização soberba. Leigh Whannel e James Wan são uma dupla extremamente competente que conseguiu fazer de Dead Silence um filme bastante assustador. Isto para não falar do twist no final, que neste filme está arrebatador. Não que seja particularmente original em termos de argumento, isto porque bonecos e histórias fantasmagóricas já foram utilizados noutros filmes, mas em Dead Silence há vários trunfos. Temos uma excelente fotografia, envolta num ambiente antiquado de grandes cenários, isto é, é um filme que ganha muito com a parte visual. O clima tenso e arrepiante é inegável, sendo complementada com uma banda sonora absolutamente arrepiante! Acho que nunca uma música me criou tanta tensão como a dos créditos iniciais, está excelente mesmo. Mas sinceramente, esperava um pouco mais do argumento. É difícil hoje em dia os filmes de terror conterem grande originalidade. O filme não tem grande profundidade e peca bastante na caracterização das personagens.

O que também está muito relacionado com os actores, não creio que haja grandes destaques na interpretação, arrisco mesmo dizer que Ryan Kwanten lidera mal o elenco, não senti propriamente grande ligação com a personagem. Bem, o filme não perde com isso, mas também não ganha. E fiquei um pouco desapontada com Donnie Whalberg, esperava mais dele.

Apesar de tudo, o filme tem os seus bons momentos, e penso que dentro do género, é uma boa escolha para se ver com os amigos sexta-feira à noite. É sólido e proporciona bons momentos de susto!

EXAME

Realização:
7/10

Actores:
6/10

Argumento/Enredo:
6.5/10
Duração/Conteúdo: 7.5/10
Banda Sonora:
8/10

Transmissão da principal ideia do filme para o espectador:
8/10


Média global: 7.1/10


Crítica feita por Sara Queiroz

Informação

Título em português: Gritos Mortais
Título original:
Dead Silence

Ano:
2007

Realização:
James Wan
Actores: Ryan Kwanten, Amber Valletta, Steve Adams, Cody Arens

Trailer do filme:


7 comentários:

  1. Acho que foste muito boazinha com o filme, e claro está, é a minha opinião. Os actores desiludiram-me imenso, excepto talvez o Donnie Wahlberg.
    Não é mau, e realmente assusta imenso, mas não daria 7.1.
    Bom texto, parabéns ;)

    ResponderEliminar
  2. Realmente não tinha ouvido falar nesse filme, Sara. Talvez porque... bem... preciso confessar: nunca assisti a nenhum SAW. :P

    Tinha a impressão que eram apenas "gore" e nunca me interessei muito por "torture porn". Só que nos últimos tempos vi que há bons filmes nesse sub-gênero e também ouvi falar muito bem de SAW (principalmente os dois primeiros). Talvez eu aproveite para assistir à série inteira agora (mais THE COLLECTOR que dizem que era para ser um prequel mas acabou virando outra série).

    Quanto a DEAD SILENCE, não sei. Mas obrigado pelo aviso, hahaha. :D

    ResponderEliminar
  3. João - Engraçado, temos opiniões opostas relativamente a Wahlberg :P Obrigada pelo comentário!

    Alexandre - Fica então a sugestão, é um filme interessante para se ver! ^^ obrigada

    ResponderEliminar
  4. Realmente o trailer não diz grande coisa, mas também tenho que o ver =P. Se fez com que a minha irmã Sarah, mestre do terror, lançasse gritinhos irritantes é porque deve mesmo assustar.

    ResponderEliminar
  5. Concordo plenamente contigo quanto a este filme. Não sei porquê, é um dos filmes que vejo mais vezes. Tem algo que atrai. Talves seja por eu ter certo medo de marionetas e bonecas de porcelana desde miúda.


    Adorei o blog. Vai para a minha lista de favoritos. É mais disto que precisamos neste país.
    Se quiserem passar pelo meu, estejam à vontade. Estou a oferecer dvd's originais e selados.

    www.cinemofilia.blogspot.pt

    Continuem o bom trabalho.

    ResponderEliminar
  6. Obrigada Juliana (: já la fiz uma visita e também adicionei o teu blog na lista dos meus. Obrigada pelo comentário :D

    ResponderEliminar
  7. Excelente texto, por acaso um filme que me passou um pouco ao lado, pois não sou um fã da saga SAW, tirando o fantástico e inovador primeiro, os outros parecem-me algo mais do mesmo, sem nunca atingirem a qualidade do primeiro.
    Em relação a este, como já disse passou me um pouco ao lado, mas depois do que li talvez lhe dê uma hipótese.

    Cumprimentos,
    Miguel C.
    http://clockworkfiction.wordpress.com/

    ResponderEliminar