domingo, 17 de abril de 2011

Just Go with It (2011)

"Sometime you need a girl, to get the girl"

Engana-me que eu gosto apresenta-se, aparentemente, como mais uma típica comédia dos dias de hoje, pouco inovador e original. O certo é que esta comédia romântica não é assim tão má como outros filmes semelhantes, mas infelizmente é prejudicado pelas ideias pré-concebidas da falta de originalidade das comédias, apesar de não dever, de facto, muito à criatividade. Eu fui ver este filme sem expectativas nenhumas, e devo dizer que até gostei, aliás, não me recordo da última vez que me ri assim numa sala de cinema. Também poderá ter sido devido à companhia (muito obrigada mais uma vez ao meu colega das críticas, Pedro Gonçalves, por me ter arrastado ao cinema. A sala estava praticamente vazia, mas as nossas gargalhadas ocupavam a sala toda!). Claro que substancialmente a história não vale grande coisa, mas há cenas muito bem caçadas mesmo. É um filme muito engraçado que conta com (algumas) grandes interpretações!


A premissa do filme é bastante simples, expectável em filmes do género. Adam Sandler interpreta Danny, um cirugião plástico bastante mulherengo, que usa a mentira de que é casado mas que se está a divorciar para conquistar mulheres. No entanto, a dada altura apaixona-se por uma belíssima rapariga mais nova do que ele, Palmer (Brooklyn Decker). Esta insiste em conhecer a suposta futura ex-mulher de Danny. Para se safar desta mentira, Danny pede à sua assistente Katherine (Jennifer Aniston), que faça de conta que é a sua mulher. Mas, inesperadamente, vários acontecimentos se desenrolas e as mentiras vão sendo cada vez mais, ao ponto em que os filhos de Katherine são envolvidos, e toda a gente parte para o Hawaii, para um fim-de-semana que irá mudar a vida de todos. Conseguirão suster a mentira? A história é bastante cliché, mas continuo a defender que não é tão mau como filmes semelhantes. O filme é realizado por Dennis Dungan, que já colaborou anteriormente com Adam Sandler, que no entanto, não conseguiu evitar as deficiências do filme, e na minha opinião, estende-se demais na duração.

Relativamente aos actores: Adam Sandler sempre com a mesma postura: super natural, com uma interpretação de topo. Ele é dos poucos actores que não tem que se esforçar para ter piada, pois genuinamente é engraçado. Sandler e Aniston têm uma excelente química juntos e são ambos muito credíveis. Nunca achei Jennifer Aniston uma excelente actriz porque sempre achei que lhe faltava versatilidade, mas gostei imenso de vê-la aqui, perfeita mesmo. E devo realçar que está com um corpo fantástico, consegue ofuscar Brookyn Decker (que é 20 anos mais
nova) numa cena no filme em que ambas aparecem de bikini. Claro que Decker é linda de morrer e penso que é isso apenas que a coloca no filme, porque em termos de representação, a rapariga não é lá grande coisa. Fiquei surpreendidíssima com a participação de Nicole Kidman no filme pois não fazia ideia que ela aparecia. Nicole Kidman e Dave Matthews estão absolutamente fantásticos, proporcionaram das cenas mais engraçadas do filme. Mas qual actor não o fez? Estão todos muito bons. Nick Swardson está um máximo, tal como os dois pequenos actores que contribuíram bastante bem em todas as cenas em que participam. Hilariantes mesmo.

Em suma, não é um filme que acrescente nada de novo às comédias românticas, mas é um filme em que podem esperar cenas absolutamente loucas e hilarantes, e decerto que se divertirão bastante, especialmente se tiveram em grande companhia!

EXAME

Realização: 6/10
Actores: 8/10
Argumento/Enredo: 5/10
Duração/Conteúdo: 6/10
Transmissão da principal ideia do filme para o espectador
: 7/10

Média global: 6.6/10

Crítica feita por Sara Queiroz


Informação


Título em português: Engana-me que eu gosto
Título original: Just Go with It (2011)
Ano: 2011
Realização: Dennis Dugan
Actores: Adam Sandler, Jennifer Aniston, Timothy Dowling

Trailer do filme
:

3 comentários:

  1. Adorei a tua crítica Sarah, mas este filme não me chama mesmo nada.

    Receio que não vá gostar assim tanto, talvez espere que saia em DVD para o ver ou assim.

    ResponderEliminar
  2. O filme não é mauzito nem me desiludiu, porque com o Adam Sandler é nos sempre prometido umas belas gargalhadas. Agora, devo concordar contigo quando dizes que Nicole Kidman foi uma surpresa- e que surpresa! Adorei, ela é simplesmente fantástica.
    Já agora, adoro a fotografia da semana, Moulin Rouge é perfeito.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  3. Obrigada João! Também adoro o Moulin Rouge. A crítica está para breve :D

    ResponderEliminar