domingo, 28 de dezembro de 2008

Cloverfield (2008)

"Some thing has found us."

É facilmente comparado com Blair Witch, devido à mesma técnica de câmara utilizada (vista de primeira pessoa), mas as comparações rapidamente são esquecidas mal vemos o filme. Cloverfield (produzido por J.J. Abrams) é um filme bastante diferente ao que normalmente é visto por aí. Apesar da técnica de câmara ser repetida em filmes como Blair Witch e Diary of The Dead, nenhum filme a faz com tanta competência como Cloverfield.

Para quem não sabe, o filme conta a história de um grupo de amigos que prepara uma festa de despedida ao seu amigo que está de partida. Sem nada que o previsse, um gigante monstro ataca Manhattan, e tudo é nos mostrado na perspectiva da personagem Hud, que filma os acontecimentos. Cloverfield consegue ser dos filmes mais intensos deste género, em que nos vemos a levar as mãos á cabeça de nervosismo em diversas ocasiões, pois é um filme essencialmente bem construído. Temos um bom desenvolvimento das personagens, e imensos momentos de tensão que só nos apetecerá dizer asneiras e atmosfera assustradora!

O filme peca na sua duração, é excessivamente curto (nao terá mais que 85 minutos, em que pelo menos 15 é de introdução ás personagens) e pelo facto de não chegarmos a saber as origens do monstro que ataca a cidade. No entanto, alguns veêm isso como um aspecto positivo, pois dá-nos liberdade para a especulação, e quem sabe, abre as portas para uma sequela. Os efeitos do filme estão de se lhe tirar o chapéu, muito bem conseguidos, tendo em conta o estilo "câmara a tremer". Esta técnica de câmara resulta bastante bem neste filme, pois faz com que
pareça mesmo que nós estamos lá, o que aumenta a credibilidade.Para os que não são fãs deste tipo de câmara ou deste tipo de filme, é capaz de ser bastante cansativo e chato a sua visualização.

É um filme que marca um impacto enorme na primeira vez que se vê, mas que não se apanha numa segunda vez que se veja. Em suma, Cloverfield é uma boa escolha de filme, essencialmente se forem fãs do género.


EXAME

Realização: 8.5/10
Actores: 7/10
Argumento/Enredo: 8/10
Banda Sonora: 7/10
Duração/Conteúdo: 6/10
Transmissão da principal ideia do filme para o espectador: 9/10


Média Global: 7.6/10

Crítica feita por Sara Queiroz

Informação


Titulo em português: Nome de Código: Cloverfield
Titulo Original: Cloverfield
Ano: 2008
Realização: Matt Reeves
Actores: Lizzy Caplan, Jessica Lucas, TJ Miller, Michael Stahl-David

Trailer do filme :


2 comentários:

  1. Eu gostei muuuito deste filme, maas preferi mais o "fim dos tempos", o aluguei os dois no mesmo fim de semana, achei que "cloverfield" poderia ter um final feliz.

    ResponderEliminar
  2. Agradável... mas poderia ter sido desenvolvido de uma forma mais genial... alguns efeitos especiais e/ou cenas estragaram um pouco a fluidez e o sufoco que se criou nos primeiros momentos do filme, e que ficaria genial se esse nivel se mantesse de inicio ao fim!

    Mas não deixa de ser um filme agradavel de se ver!


    Leva um Suficiente... (13/20)

    ResponderEliminar