quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Especial Colaborações do Cinema: David Fincher e Brad Pitt


"Great minds think alike", é o que se costuma dizer. E no mundo cinematográfico não poderia ser melhor aplicado. Vamos continuar o nosso novo especial: Colaborações do Cinema em que agora destacamos a grande dupla realizador/actor David Fincher & Brad Pitt.

David Fincher e Brad Pitt

   Brad Pitt e David Fincher são o exemplo perfeito de que quantidade não é sinónimo de qualidade. Apesar de não terem colaborado muitas vezes, é inegável que o resultado final dos seus projectos são de muita qualidade. O facto, é dois dos seus filmes tornaram-se filmes de culto. 

Vejamos, então, os filmes que contam com a colaboração de David Fincher e Brad Pitt. Qual é o vosso preferido e porquê? Partilhem connosco a vossa opinião!


Se7en (1995)










   A primeira colaboração de Fincher com Pitt surgiu em 1995, com Se7en. Este filme é brilhante e envolvente, com um ambiente de cortar à faca em que a tensão que nos transmite é quase insuportável. Proporciona-nos uma experiência e tanto, e constituiu uma revolução nos thrillers policiais, assumindo-se hoje como um verdadeiro filme de culto. 

Somerset (Morgan Freeman) é um detective a uma semana da reforma. Mills (Brad Pitt) é um detective jovem e ansioso por tomar o seu lugar. No entanto, ambos vão acabar juntos a resolver o caso de um «serial killer» meticuloso que mata as suas vítimas de acordo com os sete pecados mortais.

Com um argumento original, excelentes actuações e uma realização magistral, Se7en detém todas as qualidades imagináveis. Creio que Fincher criou dos mais espectaculares e sólidos suspenses, com um final insuperável.


Crítica completa aqui

Trailer

 



Fight Club
(1999)




   Apenas três anos após o sucesso de Se7en, David Fincher juntou-se novamente a Brad Pitt para a experiência cinematográfica única que Fight Club acabou por se revelar. É um filme complicado, é necessária muita atenção para se compreender a verdadeira essência do filme. Mas a abordagem de Fincher é sublime, verdadeiramente original e inovadora, e Pitt assume com grande qualidade o seu papel.

O Clube de combate é uma invenção de Tyler Durden, um génio anarquista, e são apenas o início dos seus planos de vingança contra um mundo onde jovens saudáveis vão a reuniões de grupos de apoio ao cancro porque apenas aí conseguem encontrar calor humano e compaixão.

   É uma obra desafiadora e que foge a padrões, e sinceramente, é capaz de ser a minha colaboração preferida de Fincher e Pitt. Obscura, violenta e brutal, é uma película que recomendo vivamente! Outro que alcançou o estatuto de filme de culto...


Trailer





The Curious Case of Benjamin Button (2008)














   Teve-se que esperar quase mais de 10 anos para a "reunion" de Fincher e Pitt, que até agora (infelizmente) foi a última. The Curious Case of Benjamin Button obteve três nomeações aos Óscares: Melhor Filme, Melhor Realizador e Melhor Actor. E não é para menos. Do início ao fim apresenta-se como uma obra formidável e equilibrada, sem nunca cair em demasia no irrealismo. As prestações dos actores estão magníficas, e Fincher mais uma vez sublinha o seu carácter de visionário.

“Eu nasci sob circunstâncias pouco usuais". É assim que começa "O Estranho Caso de Benjamin Button", adaptado a partir da história de F. Scott Fitzgerald, sobre um homem que nasce com oitenta anos e regride na sua idade: um homem, como qualquer um de nós, que é incapaz de parar o tempo. O filme conta a história de Benjamin e da sua "viagem" fora do comum, das pessoas e lugares que descobre ao longo do seu caminho, dos seus amores, das alegrias da vida e da tristeza da morte, e daquilo que dura para além do tempo.

   É outra grande obra de Fincher, que consegue enriquecer o espectador de variadas maneiras. É um filme que nos faz reflectir, e sempre foi das qualidades que mais me fascinou em qualquer filme de Fincher. Este em particular acho que é excessivamente longo, mas ainda assim, é brilhante.



Trailer





VEREDICTO: Todos são, claramente, óptimos filmes. E como já referi acima, Pitt e Fincher podem só ter colaborado em apenas três filmes, mas são três grandes filmes. O meu preferido é, indiscutivelmente, "Fight Club". E o vosso? Rezemos para que não tenhamos de esperar mais 10 anos para outra colaboração!


por Sarah Queiroz

3 comentários:

  1. David Fincher é mestre! Brad Pitt, apesar de ter uns filminhos pastelão na lista consegue realizar um ótimo trabalho quando se une à bons diretores. Adorei o blog! Seguindo :)
    Débora Molliet
    backstagequeens.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  2. Três excelentes filmes. Os dois primeiros estão na meu TOP 10. Outra parceria muito boa é DiCaprio + Scorsese.

    ResponderEliminar
  3. Olá Depois do Cinema! o blog de vcs é demais! ;) também somos um blog sobre cinema. Nós buscamos compartilhar para download filmes com roteiro e direção de alta qualidade mas digamos que mais distante dos grandes holofotes. gostaríamos de convidá-los a conhecer a nossa página e a seguí-la.
    Obrigado!

    ResponderEliminar